• SIGO - Ouvidoria da Saúde
  • SIGO - Ouvidoria da Saúde

Cursos levam aprendizado para população reboucense

Cursos de compotas, derivados de leite e mandioca, conservas,  empreendedorismo, entre diversos outros. Há um vasto número de cursos que a Secretaria Municipal de Agricultura de Rebouças, em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural, o Senar, fornece a população do campo e da cidade. Com foco na alimentação e no desenvolvimento econômico da população, as atividades ocorrem durante todo o ano de forma gratuita.


Laércio Cipriano, secretário da pasta, fala que os cursos são um sucesso e todos são pensados para atender as características do município, como o repasse de alimentos do produtor rural para as escolas “muitas famílias contribuem com a merenda escolar, por isso importante conhecer a fundo os alimentos que trabalham, também saber administrar melhor sua produção e a renda”, explica.


Um dos exemplos de sucesso dos cursos é o de derivados de leite. A nutricionista Marilza Simone Retzlaff é a instrutora das atividades e destaca a relevância das atividades, “as alunas saem daqui conhecendo mais sobre alimentação, com qualificação inicial para desenvolver os derivados, tudo isso além de uma experiência enriquecedora  que fortalece a qualidade alimentar na mesa das famílias”, destaca Simone.

A senhora Tereza jesus Pil é uma das alunas do curso e considera a oportunidade muito proveitosa, “nesse curso a gente aprende como funciona realmente a produção, o que podemos fazer, o que tem que cuidar, e isso ajuda muito no dia a dia”, destaca Tereza, que veio fazer o curso após o seu neto tê-lo feito ano passado e elogiado o aprendizado.

Em 2019, no total, cerca de 30 cursos serão desenvolvidos, alguns, inclusive, estão com inscrições abertas, quem se interesse deve procurar a secretaria de agricultura, no número 3457-2259.

Secretário de Agricultura, Laercio Cipriano, nutricionista Marilza Retzlaff e alunas do curso de derivados de leite

Conferência debate a saúde no município

 

‘Democracia e Saúde’, foi sobre esse lema que aconteceu a 12ª Conferência Municipal de Saúde de Rebouças. A reunião, que ocorre a cada quatro anos, tem como objetivo ouvir os anseios da população na área e definir a atuação da secretaria no futuro, “é um instrumento democrático da população que tem na conferência uma oportunidade de saber como anda a questão da saúde na nossa cidade mas também colaborar conosco para melhorarmos ainda mais”, explica a secretária de saúde, Tania Selhorst.

 

A conferência reuniu delegados de vários grupos da cidade, como bairros, localidades do interior, instituições, entre outras. Todo esse trabalho de base foi feito ao longo dos últimos meses, “fizemos 35 pré-conferências que reuniram mais de 800 pessoas para conseguirmos chegar aqui hoje e termos um dia realmente relevante para o município”, relata Tania.

 

O elo entre esses delegados da população com a secretaria é o Conselho Municipal de Saúde. Eva de Jesus Ruppel, presidente do conselho, aponta a necessidade de atividades como essa, “a saúde é questão complexa e são variadas as reivindicações da população, portanto, o trabalho tem que ser conjunto entre as diversas esferas da gestão e da sociedade”, comenta.

 

Mas a conferência teve momentos de aprendizado também. Na busca de levar uma maior reflexão acerca de saúde e cidadania, a palestrante Carolina Maia, enfermeira que atua há mais de 25 anos com desenvolvimento humano, levou seu conhecimento e experiência para a plateia, “é um momento importantíssimo para tratar dessas questões, ainda mais em evento que conta com a participação de pessoas das mais variadas áreas e classes sociais”, explica Carolina.


O prefeito Luiz Everaldo Zak fez a abertura do evento, em sua fala, destacou os desafios e as conquistas do município na questão da saúde, “trabalhamos diariamente para a melhoria da saúde em Rebouças, prova disso é a expansão da nossa frota de carros, a melhoria em nossas estruturas, a qualificação dos funcionários, mas sabemos que ainda temos um grande caminho a percorrer, mas com muita seriedade e força de vontade vamos atrás”.

População foi voz ativa durante a conferência

Programa Eco-Troca leva renda, comida na mesa e preservação ambiental para reboucenses

Comida de qualidade, renda para o produtor rural e preservação ambiental. Esse é o tripé em que se baseia o programa Eco-Troca, da Secretaria Municipal de Agricultura de Rebouças. A ação acontece de forma simples: cada três quilos de materiais recicláveis podem ser trocados por um quilo de alimento. “É uma forma de aliar vários pontos importantes pro município, como renda, meio ambiente e desenvolvimento social e vem dando certo, prova disso é o envolvimento da população no programa”, comenta o secretário da pasta, Laércio Cipriano.

As ações do Eco-Troca acontecem quinzenalmente nas Vila Ester (em frente a associação de moradores do bairro) e Vila Feliz (em frente a Mercearia da Soninha), “são duas áreas que possuem famílias carentes e por isso focamos nossa atuação nesses lugares”, explica Laércio. Todo material reciclável recolhido é repassado para coletores do município  de modo a colocar ainda mais pessoas nesse ciclo, “desde a etapa inicial até a final, tudo acontece dentro de Rebouças, mostrando assim a eficácia do Eco-Troca”, relata o secretário.

 

Associação de agricultores do interior de Rebouças recebe investimento de mais de 400 mil reais

 

Rebouças tem como uma de suas características a força da agricultura familiar, por isso há uma constante parceria entre a Secretaria de Agricultura do município e associações de agricultores. Agora, através do programa estadual Pró-Rural, mais uma etapa dessa história se concretiza.

A Associação dos Agricultores do Marmeleiro de Baixo recebeu mais de 400 mil reais para o desenvolvimento de suas atividades que tem o foco na produção e distribuição de frutas e verduras. O dinheiro destinado foi usado para a compra de um caminhão de câmara fria, equipamentos técnicos, materiais de escritório e estufa para a associação.

Para o secretário de agricultura do município, Laercio Cipriano, ações como essa trazem benefícios a todos, “quando uma associação fica forte, toda a região fica, consequentemente a economia do município sai ganhando com isso, essa do Marmeleiro de Baixo em especial é muito importante pois é um dos grandes abastecedores de merenda escolar de Rebouças”, explica.

Rebouças realiza amistoso de olho na Série Bronze de Futsal

Em 2019, o município de Rebouças está de volta às quadras paranaenses. O Rebouças Futsal, equipe que conta com a realização da Assessoria de Esportes da Prefeitura Municipal de Rebouças e com apoio de patrocínios, está em fase de preparação para o Campeonato Paranaense Série Bronze que têm início dia 20 de abril.

Para fortalecer esse período de preparação, o time enfrenta neste sábado,  dia 6 de abril, a partir das 20h30, a equipe Parma, do município de Canoinhas, Santa Catarina, no Ginásio Camilão. O primeiro amistoso oficial da equipe vem para dar ritmo de jogo aos atletas, “é importante colocar essa equipe para jogar para aumentar o entrosamento entre os atletas, bem como apresentar o time para a cidade”, explica o assessor de esportes do município, Enoch Pereira.

Os ingressos para a partida custam cinco reais e toda a arrecadação será destinada para cobrir despesas do time, “contamos com o apoio da população reboucense para que Rebouças mais uma vez tenha sucesso na série bronze”, relata Enoch, relembrando o título de 2013, quando, sobre a equipe de Castro, Rebouças conquistou o título da divisão.

 

 

Sob o comando do técnico Aguinaldo Silva, campeão em 2013, Rebouças Futsal se prepara para a Série Bronze

Paço Municipal Caetano Castagnoli
Endereço: Rua José Afonso Vieira Lopes, nº 96 - Centro - CEP 84550-000
Telefone: (42) 3457.1299 / (42) 3457.1234 / (42) 3457.1387 / (42) 3457.1146
CNPJ: 77.774.859/0001-82
Horário de Atendimento: de Segunda a Sexta-feira das 08:00h às 12:00h / 13:00h às 17:00h 

 

Hueby Solutions

Desenvolvido por Carlos Eduardo Hilgemberg Whatsapp do Carlos Eduardo