• SIGO - Ouvidoria da Saúde
  • SIGO - Ouvidoria da Saúde

Festa do Monge celebra inauguração de espaço de fé e história

Ligado .

A figura do monge foi algo muito relevante para a construção cultural e social da nossa região. Esses eremitas passavam pelas cidades levando fé, cura e ensinamento para o povo, gerando enorme devoção da população – e para resgatar essa história da formação da região sul do Paraná, em especial Rebouças, é que o munícipio promoveu a 1ª Festa do Monge João Maria.

A celebração marcava também a criação do Parque Ambiental Monge João Maria, obra que busca preservar a memória do mais famoso monge que passou por essa região, “em um tempo sem escolas, hospitais, padres, o monge era uma figura muito importante quando passava pelos sertões da região sul, por isso, é importante manter viva sua história”, relatou durante sua fala Nilson Fraga, professor universitário que palestrou no evento sobre a história do famoso monge e a ligação dele – e da região – com a guerra do Contestado.

A festa, além de palestra, contou com passeio ecológico, feiras de produtos orgânicos e artesanatos, doação de cães e oficinas de benzedeiras e curadores, “Rebouças é uma referência no respeito e apoio as benzedeiras, então esse evento é mais uma prova disso, por isso atrai tantos interessados em saber um pouco mais sobre esses ensinamentos que elas possuem e que provém dos monges ”, explica o secretário de Agricultura de Rebouças, Laércio Cipriano.

A festividade veio pra encerrar um fim de semana que começou com a 17ª Feira Regional das Sementes Crioulas e da Agrobiodiversidade, “mostramos nesse final de semana que Rebouças é um polo de preservação da sua história, do nosso povo, do nosso meio ambiente, da Mãe Natureza, dos pequenos agricultores, a forte participação dos moradores do nosso município e de fora mostram que estamos no caminho certo”, relatou o prefeito reboucense, Luiz Everaldo Zak.

O parque -  que está aberto a visitas e fica na rua Vitório Cruz, saída para a localidade do Paredão -  foi construído em torno de um olho d’agua que, segundo seus fiéis, nunca para, mesmo em períodos de grande seca, servido como fonte até para batizados. A premissa, ao menos nesse final de semana se confirmou, afinal, mesmo com a seguida ausência de chuva que fez a terra rachar em regiões do parque, o olho d’agua continuava, de forma tímida, a pulsar, mantendo viva a crença de muitos.

 

Visitantes de toda região acompanham rito das benzedeiras de Rebouças
Paço Municipal Caetano Castagnoli
Endereço: Rua José Afonso Vieira Lopes, nº 96 - Centro - CEP 84550-000
Telefone: (42) 3457.1299 / (42) 3457.1234 / (42) 3457.1387 / (42) 3457.1146
CNPJ: 77.774.859/0001-82
Horário de Atendimento: de Segunda a Sexta-feira das 08:00h às 12:00h / 13:00h às 17:00h 

 

Hueby Solutions

Desenvolvido por Carlos Eduardo Hilgemberg Whatsapp do Carlos Eduardo